12/05/2010

Parabéns profissionais de Enfermagem!


“A Enfermagem é uma arte; e para realizá-la como arte, requer uma devoção tão exclusiva, um preparo tão rigoroso, quanto a obra de qualquer pintor ou escultor; pois o que é tratar da tela morta ou do frio mármore comparado ao tratar do corpo vivo, o templo do espírito de Deus? É uma das artes; poder-se-ia dizer, a mais bela das artes!”
Florence Nightingale.

2 comentários:

lifirmino disse...

Caríssima vereadora, como enfermeira e candidata aprovada no concurso do PSF de Campos, peço encarecidamente que fique de olho nesta visita que o Ministério da Saúde fará em Campos para a possível retomada da ESF. Ninguém me tira da cabeça que esta é mais uma armação do governo para continuar com os terceirizados e não homologar o concurso. No ano passado, os técnicos fizeram uma visita e não deu em nada, pois a administração deve ter "maquiado" tudo! Espero que toda a verdade seja dita e comprovada aos técnicos para que eles orientem corretamente. Isto, se estes técnicos não forem gente dela né!?
Continuamos contando com o seu apoio para que a justiça seja feita.
Obrigada.

lifirmino disse...

"O acúmulo técnico-político dos três níveis de gestão do SUS, na implantação do Programa de Agentes Comunitários de Saúde e da estratégia de Saúde da Família, elementos essenciais para a reorientação do modelo de atenção, tem possibilitado a identificação de um conjunto de questões relativas às bases conceituais e operacionais do que se tem denominado "Atenção Básica à Saúde" no Brasil, e de suas relações com os demais níveis do sistema. Esta discussão fundamenta-se nos eixos transversais da universalidade, integralidade e eqüidade, em um contexto de descentralização e controle social da gestão, princípios assistenciais e organizativos do SUS, consignados na legislação constitucional e infraconstitucional.

A expansão e a qualificação da atenção básica, organizadas pela estratégia Saúde da Família, compõem parte do conjunto de prioridades políticas apresentadas pelo Ministério da Saúde e aprovadas pelo Conselho Nacional de Saúde. Esta concepção supera a antiga proposição de caráter exclusivamente centrado na doença, desenvolvendo-se por meio de práticas gerenciais e sanitárias, democráticas e participativas, sob a forma de trabalho em equipes, dirigidas às populações de territórios delimitados, pelos quais assumem responsabilidade.

Os princípios fundamentais da atenção básica no Brasil são: integralidade, qualidade, eqüidade e participação social. Mediante a adstrição de clientela, as equipes Saúde da Família estabelecem vínculo com a população, possibilitando o compromisso e a co-responsabilidade destes profissionais com os usuários e a comunidade. Seu desafio é o de ampliar suas fronteiras de atuação visando uma maior resolubilidade da atenção, onde a Saúde da Família é compreendida como a estratégia principal para mudança deste modelo, que deverá sempre se integrar a todo o contexto de reorganização do sistema de saúde".
Departamento de Atenção Básica do MS.
O secretário de saúde de Campos, estudou em qual escola hein?