02/05/2010

Campos perde mais um investimento

  A nota  abaixo  foi publicada ontem  na coluna de Flávia Oliveira  no Caderno Economia do Jornal O Globo:

 Conexão Petróleo 1

A petrobrás terá rota do Aeroporto de Cabo Frio para Bacia de Campos, a partir de segunda. Serão 12 voos diarios em quatro aeronaves. A ideia é aliviar o fluxo no Aeroporto de Macaé, de onde só em janeiro, partiram 1557 voos a serviço da estatal. A empresa transporta por mês, 65 mil passageiros em helicópteros.


 Acho que é importante destacar que Campos fica muito mais próximo das plataformas do que qualquer outro município de nossa bacia. Devemos lembrar que temos um aeroporto com uma infra estrutura com capacidade para receber todos os tipos de aeronave.  Por que a Petrobrás não utiliza nosso aeroporto e faz a opção por Cabo Frio?
Com certeza é falta de empenho de nosso poder executivo, que não acordou para o potencial  do nosso aeroporto, principalmente no cenário dos investimentos que como por exemplo, o Complexo do Porto do Açú irá proporcionar.
É bom lembrar que a Petrobrás tem um projeto de construção de um Aeródromo na praia do Farol  de São Thomé que está engavetado. A indicação   de Farol foi justamente pela proximidade  com as plataformas e sua previsão é de 90 mil embarques por mês. A Petrobrás tem uma dívida com o município de Campos em trazer um investimento de porte , já passou da hora.

2 comentários:

predadorcarinhoso disse...

É isso ai, vamos nos mobilizar para o que realmente vale á pena, estou contigo.

blog do Carlinhos do Farol disse...

A partir do dia 04 de Maio de 2010, a praia do Farol de São Thomé,irá perder em media 5.000 passageiros que embarcam para as Plataformas seguintes:Cherne 1 (PCH-1), Cherne 2 (PCH-2), Namorado 1 (PNA-1) e Namorado 2 (PNA-2). Os colaboradores das Empresas tercerizadas que trabalham nestas plataformas irão embarcar por Macaé, e um número de 07 plataformas de Macaé irão embarcar por Cabo Frio.Pedimos providências já que afetará muito a economia do Farol, que está abandonada pelo poder público Municipal.